21/07/2015

Entrevista com a Médica Cubana Dra. Betuel Cristina Fiallega Gonzalez


Áudio da Entrevista:



Núcleo Educacional João Fernando Sobral
Professora: Verônica M. S. Homczinski
Disciplina: Geografia

ENTREVISTA REALIZADA COM A MÉDICA CUBANA
Dra. BETUEL CRISTINA FIALLEGA GONZALEZ
  
Alunas Responsáveis pela Entrevista: 
Amanda Camila de Lima
Luana E. Schneider
Valquíria Nilsen       

Tema estudado: América Latina
País: Cuba

Essa pesquisa foi realizada para a disciplina de Geografia no dia 10 de julho de 2015 sobre o país Cuba, localizado no mar do Caribe, oficialmente República de Cuba, com capital em Havana e seu atual presidente é Raúl Castro.

Nome da Entrevistada:
Drª BETUEL CRISTINA FIALLEGA GONZALEZ

País de origem: Cuba 
Profissão: Médica Especialista em Saúde da Família

Quanto tempo está no Brasil e como foi a recepção por parte dos médicos brasileiros?
Dra. BETUEL: Estou no Brasil a  um ano e dois meses e a recepção por parte dos médicos brasileiros não foi nada boa, foi muito desagradável. Mas nosso objetivo é trabalhar com a população mais carente, é isso que nós fazemos.

Sobre o seu país de origem:
1 - Como é a questão da saúde pública em Cuba?
Dra. BETUEL: A saúde pública em Cuba é muito boa, com acesso a todos os serviços, não tem larga fila para o atendimento especialista, cada município tem um hospital, muitos postos de saúde, em lugar bem organizado e vai da unidade de saúde da família até institutos e universidades.

2 - De que forma está organizada a Educação em seu país? Os alunos escolhem a faculdade que pretendem cursar? Tem evasão escolar?
Dra. BETUEL: A educação é gratuita, as escolas são públicas, é obrigatório ir até as universidades, daí o aluno pode fazer ou entrar no nível superior ou entrar em uma escola técnica, tem garantido seu emprego. No caso do nível superior, opta por carreira na universidade. Você faz uma seleção e escolhe psicologia, medicina, dentista, advogado, etc. E se der certo passa a trabalhar.

3 - Qual a cidade onde mora e como é a questão da criminalidade e das drogas? É autorizado o consumo de drogas?
Dra. BETUEL: A criminalidade não é alta. Moro em Havana, na capital, é a mais populosa do país, não temos consumo de drogas, a pena é de mais de trinta anos, o álcool que não é considerado droga tem um índice muito alto.

4 - Utilizam internet? Estudam sobre outros países?
Dra. BETUEL: Sim, desde o primeiro grau estudamos geografia, daí fazemos uma panorâmica e escolhemos o país que vamos desenvolver nosso estudo. 

5 - Qual a predominância étnica de seu país?
Dra. BETUEL: Mestiça, foi uma colônia da Espanha, e vieram da África os negros para trabalhar nas colônias de cana-de-açúcar, tabaco e banana. O branco europeu, temos 38%, mas predomina a população mestiça e do negro do tipo africano, e temos chineses também.

6 - Como funciona o sistema socialista em Cuba? De que forma ele reflete na vida cotidiana dos cubanos?
Dra. BETUEL: Nós somos uma República Socialista, com uma democracia participativa, nosso cotidiano está formado no princípio do internacionalismo, da solidariedade e do cooperativismo.

7 - Como funciona as eleições em seu país?
Dra. BETUEL: São de 4 em 4 anos, começa na comunidade, passa para editoriais e regionais. O presidente tem direito a dois mandatos de 4 anos cada.

8 - De que forma os médicos foram escolhidos para atuarem nas cidades brasileiras?
Dra. BETUEL: Foram chamados para concurso, no meu caso estava trabalhando na Venezuela, daí ganhei a matrícula, fizeram a análise da minha biografia e fui aceita.

9 - A senhora gosta de  nosso bairro e cidade? Já teve a oportunidade de conhecer nosso município?
Dra. BETUEL: Já estou um ano e dois meses aqui e conheço bastante, quando vim para cá fizemos uma visita pela cidade e FOI AMOR A PRIMEIRA VISTA. Deu certo quando fiz a seleção e fui escolhida para cá no Posto São Bernardo.

10 - Tem um tempo determinado para que fique aqui em Porto União? Quanto tempo?
Dra. BETUEL: Sim, 3 anos.

11 - Você indicaria o seu país para que alguém daqui fosse para lá morar?
Dra. BETUEL: Sim, para qualquer um, somos muito solidários, somos parecidos com vocês, mas falamos em espanhol.

Considerações Finais: Aqui a entrevistada poderá deixar uma mensagem para os alunos de motivação e incentivo quanto aos estudos:

Para todos os alunos do Núcleo Educacional João Fernando Sobral, incentivo vocês a estudar e a se superar por conseguir seus objetivos e metas, utilizem a internet e todos os recursos que puderem para complementar seus estudos. E convido a todos vocês a visitar Cuba, muito bom! Obrigada.

Nota da Professora: Nós da escola João Fernando Sobral, agradecemos a atenção, tempo e paciência que a Dra Betuel dedicou a nossas alunas, respondendo nossas curiosidades sobre seu país de origem, vindo a engrandecer nosso trabalho na escola, aguardamos sua visita e será muito bem recebida em meio a nós!

Atenciosamente Profª Verônica

Motos e Bicicletas

Motos e Bicicletas
(42) 3523-4108

Blogs

Postagens populares